Skip to content

Da natureza dos lobos

Segunda-feira, 9 - Fevereiro, 2009

Lobão

É só um lobo chorando pra lua
É só um lobo chorando ao luar
Não sente fome, não sente frio
Só sente sede de amar
É só um lobo vadio
É só um lobo sem par e sem amor
É só um lobo sozinho
Que vai gemendo, gemendo, gemendo, gemendo… sem dor
É só um lobo tão triste
É só um lobo querendo amar
E ninguém sabe se ele existe
Ninguém sabe onde encontrar
Eu sou um lobo chorando pra lua
Eu sou um lobo chorando ao luar
Ninguém sabe se eu existo
E ninguém sabe onde me encontrar
Eu sou um lobo vadio
Eu sou um lobo sem paz e sem amor
Eu sou um lobo sozinho
Que vai gemendo, gemendo, gemendo, gemendo… sem dor.

Advertisements
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: