Skip to content

O futebol Kakazizado

Domingo, 26 - Julho, 2009
tags: ,

Segunda-feira escrevi um texto falando de esportes (o que, pra mim, acaba sempre se tornando futebol) e como os brasileiros não assumem seus papéis (acento ou não?). Acham que perder é mais digno que assumir que é o melhor. Ia colocar a questão religiosa no meio também, mas Jesus veio até mim e disse “Filho, o texto ficará demasiado gigantesco”. Então repensei a ideia e deixei para o próximo post.

O Felipe comentou no post exatamente sobre isso e, durante a semana, a Marina veio com um post de outro blog sobre o tema. Ainda assim acho válido escrever sobre o tema, afinal, estamos tratando da maior desculpa para a falta de empenho e vergonha na cara das pessoas.

Quando o Brasil ganhou a Copa das Confederações, mês passado eu acho, contra a grande potência do futebol, os EUA, os jogadores se reuniram no gramado, fizeram um círculo e lá mesmo agradeceram seja lá quem quer que eles tenham agradecido pelo título da tão disputada Copa.

No jogo anterior, contra a também forte África do Sul, do sempre espetacular Joel Santana, a FIFA pediu que os capitães dos dois times fizessem um pronunciamento sobre o racismo. De todos os 4 times que chegaram às semi-finais, o Brasil foi o único cujo pronunciamento terminou com “Deus abençoe a todos”.

Amém, irmão. Amém. Mas puta que pariu, cada um tem suas crenças e não é necessário ficar divulgando a sua para que todo o mundo veja. Estou falando besteira? Eu acho ridículo quando um cara faz um gol, levanta a camisa e lá está “I (heart) Jesus”.

É aceitável uma comemoração apontando para cima, no estilo Kaká, ou se benzer antes de entrar em campo. São momentos especiais e individuais, embora também seja transmitido da mesma maneira que o fim do jogo. Mas trocar uma mensagem imbecil por um cartão amarelo – talvez uma expulsão – não faz o menor sentido.
Mas voltando ao jogo final da Copa das Confederações, a FIFA, a UEFA, outras federações e confederações mundo afora declaram sua indignação com o fato.

É comum ouvir jogador dizendo “Graças a Deus…” e “Se Deus quiser…” ou então dizer que deve tudo ao Senhor, ou até mesmo mandar beijinho para Xuxa, Sasha e Jesus H. Christ.

Meu amigo, você fez o gol. Você nasceu assim, bom (ou ruim, comum nos dias de hoje) de bola, não sei se por uma força superior ou por aprimoramento genético natural, mas é assim que as coisas são. Se você realmente gosta de seguir algo, se você tem fé (eu juro que acho isso bonito, se apegar a algo, principalmente algo incerto), termina o jogo, vai pro anti doping, toma banho, dá coletiva e passa na igreja (ou na construção onde rolam os ritos da sua religião). Lá você pode agradecer quem você quiser.

Confesso que gosto de ir à igreja. Não sempre, é claro. Vou às vezes, em dias e horários não movimentados. Entro, sento e penso na vida. É o lugar mais calmo que o homem já fez. Nenhum isolamento acústico é tão bom assim. Mas não fico contando pra todo mundo.

Imagina quando passei no vestibular, eu gritando “Valeu Deusão”. Ou sai o gol do Flamengo, eu boto a cabeça pra fora da janela e grito “É isso aí Big Guy”. Ou até mesmo consigo escapar de uma DP, chamo meus amigos, faço uma roda no meio do estacionamento da faculdade, damos as mãos e agradecemos ali mesmo. Um deles tira a camisa e por baixo há outra com os dizeres “Jesus rlz”. Não cabe muito né?

Acho meio triste esses caras ficarem manifestando coisas tão particulares em meios tão públicos, mas é a vida.

Agora, Jesus está aqui do meu lado, dizendo que o texto já ficou muito grande e chato. Engraçado que quando ele desceu, ouvi uma música meio angelical, mas depois percebi que conhecia e notei que era Rolling Stones. Jesus Rocks.

Reafirmando: não tenho nada contra religiões.

Advertisements
One Comment leave one →
  1. Domingo, 26 - Julho, 2009 18:35

    Não sou religioso, mas respeito as crenças alheias. Mas assim como não gostam que eu saia por aí falando que não acredito na Igreja, não é legal que saiam falando o contrário. Cada um acredita no que quiser.

    Vi no chongas ( http://www.chongas.com.br/2009/07/gloria-a-deus/ ) que viu no surra ( http://surra.org/ ) algo relacionado. Muito bom tbm.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: