Skip to content

Eu, você ou nós?

Quinta-feira, 24 - Setembro, 2009

Como prometi um texto sobre isso, aqui está. Disse no meu post anterior, hoje estamos em um tempo que a individualidade das pessoas é respeitada e incentivada.

Você, a pessoa do ano

Você, a pessoa do ano

Em 2006, com o boom do YouTube, a Time elegeu como pessoa do ano, você. Eu, você, nós. Pessoas do ano. O YouTube possibilitou que qualquer um com um vídeo minimamente interessante, fosse visto por milhares de pessoas. Opiniões de Zé Ruelas passaram a atingir mais pessoas. O cara que gostava de falar na mesa de boteco com os amigos, passou a postar vídeos no YouTube, dando suas opiniões. O cara que era o palhação, passou a postar vídeo com suas artes. Até mesmo artistas amadores utilizaram o YouTube como galeria ou como fita demo. Mas quem é que fica vendo vídeos na Internet, não é mesmo? No Brasil, estima-se que em fevereiro desse ano por volta de 63 milhões de brasileiros tiveram acesso à Internet. Menos de um terço da população. Mas desses, quantos são ativos? Dizem que são 25 milhões de internautas ativos, ou seja, mais ou menos um oitavo da população. Que merdinha insignificante.

Quer dizer então que o “você, pessoa do ano” não é bem uma verdade. Bom, não é bem assim. Não era verdade, mas hoje, os canais de televisão começaram a perceber que o que está na Internet nem sempre é pior do que o que está na TV e começaram a mostrar vídeos da Internet em sua programação. Além disso, esse fato vai muito de acordo com aquilo que eu disse no último post meu de que aumenta a interação empresa-consumidor. Então realmente somos a pessoa do ano? Do ano não. Do momento!

Mas até onde vai essa valorização do EU? Realmente não sei. Ninguém sabe, eu acho. É cada vez maior o número de redes sociais e isso só mostra o contrário. Que as pessoas precisam de grupos, precisam de contato. Eu sou o maior exemplo que conheço de individualismo. Se você olhar meu orkut vai encontrar comunidades sem sentido como: “Já que tava lá sem fazer nada”, “Agora que estamos a sós..” e uma especial que diz que meu irmão é a esposa perfeita. Além das comunidades do meu mengão e do periquito mais querido e forte, furacão Uberlândia Esporte. Raramente escrevo nelas e as únicas que eu realmente entro, são as do Flamengo, para manter um blog que tenho sobre o mais querido. Conheço pessoas que participam ativamente de comunidades e não consigo entender. Em uma análise rápida e porca, acho que gostamos de opinar sobre aquilo que conhecemos (ou achamos que conhecemos), e opinar publicamente com embasamento nos faz bem. Reconhecimento nos faz bem. Ou você acha que escrevo aqui só para praticar? Busco dominar o mundo e tornar a OLoboGuará Ltda uma das marcas mais valiosas do Brasil. Te cuida Itaú.

Mas uma coisa é fato. A Internet contribuiu para a valorização do eu e para o crescimento da arrogância. Eu mesmo, na maioria das coisas que leio por aí penso que a Internet é um antro de imbecis. Não somente esse link, que se trata de um ataque gratuito. É uma coisa generalizada. É tanto assunto, que a maioria é besteira. Se você é um frequentador de fóruns, ou até mesmo usuário do Twitter, vai me entender nessa coisa de crescimento da arrogância. Basta dar uma pequena lida no que é escrito por aí, em comentários de blogs também.

Mas deixando de lado as agressões, posso dizer que o tempo do indivíduo ainda não é tão individual assim. Ainda precisamos nos relacionar, estar em grupos e o que dita o jogo não é uma pessoa, mas sim um grupinho. Por isso que há tanta rotulação. São emos, headbangers, geeks, nerds, hipster. Antes éramos um grupão, agora somos vários grupinhos (nichos). Assim sendo, seria mais certo “nós, a pessoa do ano”.

Advertisements
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: